top of page

Descubra como calcular o corredor operacional do seu negócio



As empilhadeiras são responsáveis pela movimentação de grandes volumes de carga, e por isso, desempenham papel importante na indústria, parques fabris, portos, comércio, entre outros. Com o crescimento considerável dos últimos dois anos, o setor logístico tem sido crucial para a economia, aumentando a necessidade de estoques cada vez mais verticalizados. Com tamanha expansão, acredita-se que o número de equipamentos possa crescer na mesma proporção, exigindo ainda mais atenção e cuidado na movimentação de materiais e gerenciamento da frota. 

Pensando nisso, a Yale® Brasil disponibilizou o quadro “Dicas do Especialista” em seu canal do YouTube. 

E, neste artigo, trazemos uma delas:

Entenda como calcular o corredor operacional da sua operação​

O corredor operacional é a área de circulação da empilhadeira, ou seja, a menor distância necessária para que a empilhadeira consiga realizar a manobra para armazenagem, considerando folga de segurança, isso é, entrar no corredor e fazer a curva de 90 graus para depositar ou coletar a carga.

O primeiro passo para identificar a medida do corredor operacional de sua operação, é coletar a menor distância entre as duas laterais do corredor, entre pallets, cargas ou porta-pallets. Para calcular o menor corredor operacional para um equipamento, são utilizados três valores:

• Raio de giro do equipamento;

• Raio de giro da carga;

• Folga, considerada para uma maior produtividade e segurança.

Nas fichas técnicas, dos equipamentos Yale®, estão disponibilizadas as informações destinadas a corredores operacionais para pallets no padrão brasileiro, sem sobreposição de cargas.  Para saber mais sobre essa ou outras dicas acesse nosso canal do YouTube e as redes sociais da Yale ® Brasil:

4 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page